quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Iniciativa «Atelier Empreender Criança» chega a Luanda

O «Atelier Empreender Criança» da fundação AIP chegou a Angola com o apoio do Governo português. O objectivo é criar uma cultura de Empreendedorismo nas crianças para serem o motor do desenvolvimento económico do futuro.
Angola, Cabo Verde, Moçambique e Timor-Leste serão os países-alvo deste programa, numa primeira fase, onde os contactos institucionais com as entidades do Ministério da Educação de cada país já foram iniciados.

O programa de cooperação foi assinado esta sexta-feira, 11 de Outubro, em Luanda, na presença do Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Luís Campos Ferreira.

O «Atelier Empreender Criança» pretende promover o empreendedorismo na rede escolar do ensino básico através de um compromisso entre a escola, as empresas e a comunidade.

A prioridade é o ensino público de cada país, sendo que o programa arranca já este mês nas escolas portuguesas que acompanham o ano lectivo de Portugal, e também num projecto-piloto com mil crianças do ensino público em Cabo Verde.

Em Angola, onde foi assinado o primeiro protocolo, serão abrangidos aproximadamente 200 alunos a frequentar o 3.º ano de escolaridade.

O «Atelier Empreender Criança» é um programa AIP-CCI, cujo projecto-piloto de lançamento em Portugal abrangeu 2000 crianças do ensino básico, no anterior ano lectivo, distribuídas por 87 escolas em todo o país.

Agora a iniciativa vai estender-se aos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) para desenvolver acções que contribuam para a consolidação de uma cultura de empreendedorismo nas crianças.

O programa pedagógico está adaptado a 30 semanas, uma hora semanal durante o ano lectivo e inclui todos os materiais necessários - manual do professor, jogo pedagógico, fichas de trabalho e um livro de banda desenhada sobre empreendedorismo para cada criança.

Sem comentários:

Publicar um comentário